Com apoio de Lula, Haddad venceria 1º e 2º turno em Pernambuco

Foto: Ricardo Stuckert

a

Jornal GGN – O Diário de Pernambuco divulgou nesta quarta (18) uma pesquisa feita pelo instituto Datamétrica que mostra que a transferência de votos de Lula, no Estado, é “surpreendente”. Sem o ex-presidente na eleição 2018, Fernando Haddad aparece na liderança com 16% das intenções de voto, seguido por Marina Silva (12%), Jair Bolsonaro (11%), Ciro Gomes (6%) e Geraldo Alckmin (2%). Brancos, nulos e indecisos somam 46%.
a
Quando Haddad aparece na pesquisa sem o apoio de Lula, o placar é totalmente diferente: o ex-prefeito de São Paulo fica em quarto lugar, com 2%, empatado com Alckmin e outros candidatos. Já Marina lidera com 14%, seguida por Bolsonaro (12%) e Ciro (7%).
a
Com Lula no páreo, o PT lideraria a disputa com 65% das intenções de voto – um crescimento de 6 pontos em relação à pesquisa de junho. Bolsonaro aparece em segundo com 9% (caiu 2 pontos); Ciro, com 4% e Marina, 4%. Brancos, nulos e indecisos somam 15%.
a
Na pesquisa espontânea, Lula é citado por 46%. Bolsonaro fica bem atrás, com 7% e Ciro e Marina empatam com 1% apenas. Indecisos, brancos e nulos somam 42%.
a
A rejeição de Bolsonaro é recorde no Estado: 55% dizem que não votariam nele de jeito nenhum, ante 12% que descartam Lula e 25% que não querem Haddad.
a
SEGUNDO TURNO
a
Numa simulação de segundo turno entre Lula e Bolsonaro, o petista levaria a Presidência por 74% a 11%. O embate Lula contra Alckmin marca 73% contra 7%.
a
Quando Haddad, apoiado por Lula, disputa com Bolsonaro, ele vence por 45% a 14% do deputado. Contra Alckmin, Haddad também ganha por 46% a 9%.
a
Leia mais aqui.
a
====================================