Com anúncio de mais 5 nomes, Romeu Zema fecha futuro secretariado

Ocupantes do 2° escalão e das forças de segurança já foram definidos
Romeu Zema

Entre os escolhidos estão um ex-assessor de Aécio Neves e um atual chefe no governo petista
a
PUBLICADO EM 22/12/18 – 03h00
a

O governador eleito de Minas, Romeu Zema (Novo), anunciou nessa sexta-feira (21) cinco novos nomes para compor seu secretariado. Os indicados vão chefiar as pastas de Meio Ambiente, Governo, Educação, Desenvolvimento Econômico, além de Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Como antecipado na edição dessa sexta-feira (21) de O TEMPO, a Secretaria de Governo terá à frente o ex-prefeito de Juiz de Fora, ex-deputado e ex-secretário de Aécio Neves Custódio Mattos (PSDB).
a
De acordo com informações apuradas pela reportagem, pesou a favor de Mattos ser próximo do vice-governador eleito, Paulo Brant (Novo). Já na pasta de Meio Ambiente, Zema optou por manter o atual secretário da área da gestão de Fernando Pimentel (PT), Germano Luiz Gomes Vieira. Servidor público efetivo, Vieira é especialista em meio ambiente e comanda a pasta desde novembro de 2017. No fim de outubro, em entrevista para a rádio Super 91,7 FM, Zema admitiu que poderia manter secretários da gestão petista em seu governo, caso atendessem os critérios técnicos.
a
A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento vai ser chefiada pela engenheira florestal e presidente da Associação dos Produtores Rurais e Irrigantes do Noroeste de Minas (Irriganor), Ana Maria Valentini. Influente na área de proteção ambiental, a futura secretária também atua na produção de grãos em Bonfinópolis, no Noroeste do Estado.
a
Na Secretaria de Educação, que pode ainda englobar Cultura e Esportes, a responsável será a subsecretária de Infraestrutura e Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro, Juliana Sant’Anna. Doutora em ciência política, é servidora de carreira e há oito anos exerce funções estratégicas na Secretaria de Educação fluminense.
a
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico terá à frente o engenheiro formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Manoel Vitor de Mendonça Filho. Mineiro de Belo Horizonte, ele é ex-membro do Conselho Estratégico da Federação das Indústrias de Minas (Fiemg) e passou por cargos de direção de empresas ligadas às áreas de siderurgia e mineração.

a
Com os anúncios, Zema fecha sua equipe em 11 secretarias. De acordo com o futuro governo, todos os selecionados passaram pelo crivo de empresas especializadas em recursos humanos, que fizeram uma avaliação com critérios técnicos, como currículo e aderência de perfil ao cargo.

Veja as secretarias de Romeu Zema.

Órgão. Romeu Zema (Novo) também utilizou nessa sexta-feira (21) as redes sociais para anunciar nomes para o segundo escalão. O advogado geral do Estado será o procurador Sérgio Pessoa. Mestre em direito pela UFMG, ele já exerceu o cargo de advogado geral adjunto e é servidor efetivo. O controlador geral do Estado será o economista formado pela UFMG Rodrigo Fontenelle de Araújo Miranda. Doutorando em administração pela Universidade de Brasília (UNB), também é mestre em contabilidade.
a
Zema também anunciou os nomes dos comandantes dos órgãos de segurança do Estado. Na Polícia Militar, o comandante geral será o coronel Giovane Gomes da Silva, o subcomandante será o coronel Marcelo Fernandes, e o chefe do Gabinete Militar, o coronel Evandro Borges. Já no Corpo de Bombeiros, o comandante geral será o coronel Edgard Estevo, e o chefe do Estado-Maior, o coronel Erlon Botelho. O chefe da Polícia Civil será o delegado Wagner Pinto, e o adjunto, Joaquim Francisco.
a
“Selecionamos profissionais de alto gabarito para o secretariado e os órgãos autônomos em um processo de seleção de talentos humanos bastante criterioso, em que valorizamos os servidores concursados com sólida formação acadêmica em suas áreas”, afirmou Romeu Zema.

Ouvidoria. Além dos nomes anunciados nessa sexta-feira (21) para chefiar órgãos autônomos, Zema também já havia indicado, no dia 10, a advogada Simone Deoud para assumir a Ouvidoria Geral do Estado.